terça-feira, 3 de novembro de 2020

Leis de Kirchhoff

Leis de Kirchhoff

Lei de Kirchhoff das tensões (LKT):

Para a aplicação da Lei de Kirchhoff precisamos ter um circuito fechado e determinar um ponto de partida, que deve percorrer todo o circuito até retornarmos a este. A ideia principal do LKT apresenta que: a soma algébrica das tensões em um circuito fechado, deve ser igual a zero.

obs.: A lei de kirchhoff também pode ser representada igualando a soma dos elementos que representam queda ou elevação.

Veja o exemplo abaixo e acompanhe a explicação.

Para explicar a imagem escolhi percorrer o circuito em sentido horário, o sentido do circuito é definido por preferência individual ou indicação no enunciado (analisando em sentido horário ou anti-horário, o resultado final deve ser o mesmo ), após estabelecer isso indicamos quais elementos representam queda ou elevação no circuito. 


Vemos na imagem que há sinais de soma e subtração para cada um dos elementos e é através deles que definiremos as quedas e elevações. Observe que, se percorrermos o circuito em sentido horário, começando pela fonte de tensão, temos primeiro o sinal negativo e depois o positivo, sendo assim temos uma elevação. Já no segundo elemento ,que é a resistência ,temos uma queda, pois seguindo o sentido horário vamos do polo positivo ao negativo. Dessa forma devem ser analisados todos os elementos do circuito, e após identificá-los, substituímos os valores na equação. Veja:


BOYLESTAD,R.L. Introdução à Análise de Circuitos.12 ed. Pearson. 2012
ROSSETI, Gustavo.(2019).Análise de Circuitos CC [Notas de aula].Eletrotécnica Integrado, IF Sudeste MG